Sempre (Ivo Ricardo, Daniel Cheese e Jacaré)

Diz pra mim

Que fim levou aquela vida que eu tanto amava

Tudo que era bom passou depressa

E não sobrou quase nada

E nunca mais ver

Eu e você…

Eu tanto lutei, sempre acreditei em vida nova

Em que tudo era luz

Ouro que nos seduz

A grande prova

Para um dia nascer, eu e você…

Sempre, que o dia nascer

Lembre, a luz virá a você

O dia nasce e morre tudo ocorre

Você passa como nada

Ao ver o fim do choque, resistência

Viva, mostre a tua raça

Não perca a vida, leve até ao fim do túnel

A tentativa é arriscada

Mas se a tentativa é arriscada

Tá no fio da espada

E vai valer, tem que valer

Você nasce pra ser livre

Mas somente dentro de você

Sempre, que o dia nascer

Lembre, a luz virá á você   

Anúncios

Mais uma palhinha da gravação: Ivo no Baixo em SEMPRE

Ontem postamos aqui o Cheese sua guitarra e seu pedal executando um pedacinho de Telha Quebrada. Hoje é a vez do Ivo Ricardo, seu baixo num trecho da música SEMPRE, atendendo a um pedido muito especial do fundador do nosso Fã Clube nos anos 80, o Luiz Marques. Som na caixa.